quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

FELIZ NATAL 2009 - MERRY CHRISTMAS 2009


Blog em reestruturação.....





Cordialmente!

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Poema Erótico - 12......





AH! ESSE HOMEM.


Ah! esse homem. Que me toca os seios,
Como um beija-flor toca, no jardim, as flores,
Arrepiá-me despertando antigos devaneios,
De mãos no meu corpo em longos passeios.


Ah! esse homem. Que me cobre de beijos,
Que deixa marcas denteadas nos meus braços,
Expõe minha anatomia nua sem segredos,
Como se fosse um quadro de célebre pintor,


E a mira com olhos de sol coruscante,
Incendeia a tela com seu fogo sagrado,
Remexe a lava, no fundo, adormecida,
Do vulcão dos meus profundos desejos,


Fazendo explodir em mim a mulher plena,
A amante ardente de gestos delicados,
Que pouco se importa com os espinhos,
Para ser a dona dos seus carinhos.

Ah! Esse homem.



(Maria Hilda de J. Alão
24/11/03 )

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Apanhados Sexy - 3 - O Soutien Florido!......


video

Apanhados com muito boa qualidade. Do melhor que há!.......

Recebido por mail, duma querida amiga.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Poema Erótico - 11......



Nem contrição nem atrição
(mas simples tristura pela falta de tesura)


No tempo em que eu comia e bebia e fumava e fodia
Toda a gente dizia que eu me perdia
Agora que não como, nem bebo, nem fumo, nem fodo
É que ando perdido de todo
Por isso
Hei-de voltar a comer e a beber a fumar e a foder
Pra toda a gente saber
Que quem come e bebe e fuma e fode é porque pode.


(Manuel Leal Freire)

Net/Joseph

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Poema Erótico - 10......




TEU CORPO


No teu corpo
Na tua beleza navego.
Os contornos dos teus lábios decorei.
Do desenho do teu rosto tenho a imagem
Os teus olhos me aprisionam
O teu corpo me enlouquece
A tua vontade me chama
Quero-te sentir, quero amar-te
Nesta loucura, sedento de amor, de desejo
Deitar-te na cama e possuir-te
Ter-te entre os meus braços, sentir o teu calor
Sonho com os nossos corpos húmidos
Molhados num sentido só, numa permuta de fluidos
Línguas que se encontram, sexos que se tocam
Entre gemidos de prazer, são horas de loucura
Sussurro-te no ouvido, percorro o teu corpo
Beijo os teus seios, acaricio o teu ventre
Sinto a tua pele macia, o teu respirar ofegante
A tua vontade louca, o teu corpo a vibrar
Sim, sinto, sinto-te em mim, sentes-me?
Abre os olhos, navega no azul do meu céu
Deixa-me levar-te ao paraíso
Perde-te nos meus lábios, entrega-te
Não renuncies esta paixão, devora-me
Sou todo teu, o meu corpo, a minha alma
A ti entrego-me sem pudor
Serei o teu devaneio, serei a tua maior loucura
Serei o que quiseres, farei o que pedires
Quero que gozes, quero que tenhas prazer
E a uma só voz iremos gemer...

(autor desconhecido)

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

SIC AO VIVO: Anedota do Norte!....Oops!....

video

Anedota contada em directo, no programa SIC AO VIVO, em Espinho, deixando todos, quase sem fala, quando a anedota terminou.

Ora oiçam.....

P.S. - Oops!......

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

APANHADOS SEXY - 2 - No Barbeiro......


video


Apanhado numa barbearia, muito engraçado, sendo digno de se ver as caras deles e delas!....


(recebido por mail da M@)

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Poema Erótico - 9 - ......




A Língua Lambe


A língua lambe as pétalas vermelhas
da rosa pluriaberta; a língua lavra
certo oculto botão, e vai tecendo
lépidas variações de leves ritmos

E lambe, lambilonga, lambilenta,
a licorina gruta cabeluda,
e, quanto mais lambente, mais ativa,
atinge o céu do céu, entre gemidos,
entre gritos, balidos e rugidos
de leões na floresta, enfurecidos.


(Carlos Drumond de Andrade)/mail

sábado, 18 de julho de 2009

Poema Erótico - 8 - ......




Amor mais vadio (ao poeta vagabundo) ...


Sou tantas na pele nua
e sou apenas uma...
a sua na tua derme
a sina que te anlaça
Te dou aconchego
desejos e sanhas
te deito entre minhas pernas
Sou tua orgia sem pejo
a bebida que embriaga
absinto fada verde
a profana mais amada
das tuas tretas e das tuas taras...
E nesse enredo vagabundo
somos dois na aventura
entregues a tantas batalhas
de corpos sedentos aos cantos
e de palavras que tecemos
aquelas que furam a carne...
- homem que me vicia -
- poeta e vagabundo -
Somos entregues a devassidões
a tantas alfombras e camas desarrumadas
e na pena mais dura
saem as letras mais babadas...
- Eu em ti...
- Tu em mim...
versejamos quase nada
pois a foda é o grafite
parindo gozos de madrugada...


(Profana)
Postado por Escrevendo na Pele(Blog)

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Diálogo de surdos?!...............


video


Barbichas rules!!!


Rsrsrsrsrsrsrsrs................................


(alguém pensou no coiso?....Ai.Ai.Ai)


(recebi da Rê, por mail)

domingo, 28 de junho de 2009

Música sensual Francesa........-1-




Vídeo Ilustrado......

Música: Je t´aime mois non plus...Oh...

Para ouvir o vídeo, desligar a música, à direita, se estiver a tocar.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Música SENSUAL Africana!.......-1-




Canção: Bisou Sur La Tomate

Intérprete: Dr SAKIS and Afro-Modern

Para ouvir a música do vídeo, desligar a Caixa de Música (à direita), se estiver a tocar.

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Massagens - 2 - (Japonesa)




Sempre que possível faça uma massagem, com óleos quentes, antes da saída para a noite, ou no regresso!

sábado, 6 de junho de 2009

Poema Erótico - 7 - ......




ENTRE OS LENÇÓIS


Para o meu quarto, vou te levar e em minha cama vou te deitar
Tua roupa, vou tirar.
Começa logo me despindo
De beijos vai me cobrindo, meu corpo vem alisando
E minhas mãos segurando...

Fico sempre na expectativa de estar pertinho de ti
Adoro quando me solicitas e ficas dentro de mim
Estava há dias sem lhe ver e meu corpo ansiava por você
Só me dei conta disso depois num momento sublime a dois.

Entre beijos fogosos e abraços rolamos na cama entre “amassos”
Sua boca não parou um só segundo desbravou e percorreu meu mundo
Leva-me para o prazer, para o amor, usa e abusa do meu sexo com fervor
Xinga-me de puta na hora do acto, usufrui de mim sem nenhum recato.

Rebolo gostoso sobre seu corpo, endoido você e o deixo morto
Beijo sua boca durante o rebolado, os nossos sexos ficam molhados
Entre sussurros e gemidos, urros e grunhidos, de sexos ardentes,
De seios salientes, de mãos levadas, de bocas salivadas, beijos molhados,
Carinhos safados, gozos demorados...

Tu sentes a minha boca, tua boca sinto eu, na minha boca, sinto tudo teu!
Não fazia idéia da falta que me fazia do quanto meu corpo lhe queria
Do quanto seu corpo me é bem-vindo e do quanto nosso amor é lindo!


(Monika Baumann do Blog TOQUES DE PRAZER.2008)

sábado, 30 de maio de 2009

Poema Erótico - 6 - ......



ENTREGA

Numa entrega absoluta
nossos corpos ardentes se unem.
Trocamos gemidos e salivas
com a orgia carnal e o pudor perdido.
Os lábios se lambuzam do mais puro
mel das entranhas.
No vai e vem sobre lençóis de cetim
e no passar dos dedos suavemente
nossos corpos entrelaçados
gemem o desejo dos cios.
Passeando por entremeios,
me descobre mulher.
Eu e você...
Entre sussurros e gemidos
ardendo de tanta paixão
nossos lábios se encontram
num verdadeiro fogo de tesão
como se fossemos o próprio vulcão
buscando o sublime êxtase.
E assim você me deixou
húmida, arrepiada e enlouquecida
provocando meu gozo.
Me levando ao verdadeiro delírio
de uma doce entrega,
me fazendo sua fêmea...


(Regina Coeli)
Blogue:deusaodoya.blogspot.com

domingo, 24 de maio de 2009

Poema Erótico - 5 - ......





ANJOS MULHERES - VI


As mulheres voam
como os anjos
Com as suas asas feitas
de cristal de rocha da memória

Disponiveis
para voar

soltas...

Primeiro
lentamente uma por uma

Depois,
iguais aos passaros

fundas...

Nadando,
juntas

Secreta a rasar o
chão

a rasar a fenda
da lua

no menstruo
por entre a fenda das pernas

Às vezes é o aço
que se prende
na luz

A dobrarmos o espaço?

Bruxas
pomos asas em vassouras
de vento

E voamos

Como as asas
lhe cresciam nas coxas

diziam dela
que era um anjo do mar

Rondo alto,
postas em nudez de ombros
e pernas

perseguindo,

pelos espaços,
lunares
da menstruação

e corpo desavindo

Não somos violencia
mas o voo

quando nadamos
de costas pelo vento

até à foz do tempo
no oceano denso
da nossa própria voz

Sabemos distinguir
a dormir
os anjos das rosas voadoras

pelo tacto?

Somos os anjos
do destino

com a alma
pelo avesso
do utero

Voamos a lua
menstruadas

Os homens gritam
- são as bruxas

As mulheres pensam
- são os anjos

As crianças dizem
- são as fadas

Fadas?

filigrama cintilante
de asas volteando
no fundo da vagina

Nadamos?

De costas,
no espaço deste século

Mudar o rumo
e as pernas mais ao
fundo

portas por trás
dobradas pelos rins

Abrindo o ar
com o corpo num só golpe

Soltas,
viando
até chegar ao fim

Dizem-nos
que nos limitemos ao espaço

Mas nós voamos
também
debaixo de água

Nós somos os anjos
deste tempo

Astronautas,
voando na memória
nas galáxias do vento...

Temos um pacto
com aquilo que
voa

- as aves
da poesia

- os anjos
do sexo

- o orgasmo
dos sonhos

Não há nada
que a nossa voz não abra

Nós somos as bruxas da palavra


(Maria Teresa Horta)

domingo, 3 de maio de 2009

Poema Erótico - 4 ......



Soneto da donzela ansiosa


Arreitada donzela em fofo leito
Deixando erguer a virginal camisa,
Sobre as roliças coxas se divisa
Entre sombras sutis pachacho estreito.

De louro pêlo um círculo imperfeito
Os papudos beicinhos lhe matiza;
E a branda crica, nacarada e lisa,
Em pingos verte alvo licor desfeito.

A voraz porra, as guelras encrespando,
Arruma a focinheira, e entre gemidos
A moça treme, os olhos requebrando.

Como é inda boçal, perde os sentidos;
Porém vai com tal ânsia trabalhando,
Que os homens é que vêm a ser fodidos.


(Manuel Maria Barbosa du Bocage)
(1765-1805) Poesia Erótica/Net

domingo, 26 de abril de 2009

Talentos de Ouro Suecos 2009 - Dança......




Tema: Knackebrod dansen
Intérpretes: 4 rapazes nus....

De partir o côco a rir...

Para ouvir melhor a interpretação, desligar primeiro a música, à direita, se estiver a tocar.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Poema Erótico - 3 ......




DOM TESO


Estava Dom Teso a descansar
No meio dos seus dois colchões
Quando uma moçoila ao passar
Deita a mão ao seus…melões

- De pé! Ao seu lugar!
Vamos à procura de luta
Não se pode assim deixar
Quem apalpa tão bem a fruta!

E se a atrevida era esbelta!
Tinha um corpo de atleta!
E um “papo” que nem um nabo!

E eis já todo aprumado…
Grita o dono transtornado
- Pára Dom Teso que é rabo…


Net/(Rogério Simões.12.12.2004)

domingo, 12 de abril de 2009

APANHADOS SEXY - 1 - No GOLF......





O professor ensina bem.....Adoro a loira!....

Para ouvir melhor o vídeo, desligar primeiro a música, à direita, se estiver a tocar.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Poema Erótico - 2 ......



MASTURBAÇÃO


Eis o centro do corpo
o nosso centro
onde os dedos escorregam devagar
e logo tornam onde nesse
centro
os dedos esfregam - correm
e voltam sem cessar

e então são os meus
já os teus dedos

e são meus dedos
já a tua boca

que vai sorvendo os lábios
dessa boca
que manipulo - conduzo
pensando em tua boca

Ardencia funda
planta em movimento
que trepa e fende fundidas
já no tempo
calando o grito nos pulmões da tarde

E todo o corpo
é esse movimento
que trepa e fende fundidas
já no tempo
calando o grito nos pulmões da tarde

E todo o corpo
é esse movimento
em torno
em volta
no centro desses lábios

que a febre toma
engrossa
e vai cedendo a pouco
e pouco nos dedos e na palma


(Maria Teresa Horta)

terça-feira, 7 de abril de 2009

terça-feira, 31 de março de 2009

Poesia Sensual - 2 ........


Tentação

Não me tente, ó menina,
Com essa beleza divina
Que me mostra, quase nua...
Não me tente, que enlouqueço,
E dos pudores esqueço,
Ante o que me insinua...

Há tempos que a desejo,
Sonho doido com seu beijo,
Sua boca de sedução...
E agora a vejo assim,
Projetar-se sobre mim,
Com tanta provocação...

Se me tenta, desejosa,
Qual uma gata manhosa,
Com tanta desfaçatez,

Vou deitá-la sobre a relva
E qual as feras na selva,
Possuí-la de uma vez!

(desconhecido)

sexta-feira, 27 de março de 2009

Prosa Erótica - 1 ..........


Reino vegetal/animal


"...Queria o teu vegetal na minha boca porque estaria possuída para lhe descobrir o sabor
Degustá-lo-ia sem pressas porque o prazer gastronómico embebeda os sentidos
O cheiro, o paladar, a visão de um tubérculo rijo, teso, pronto para a luta de gigantes
Dar-lhe-ia dentadas de prazer que te fariam gemer a ti e a mim
Numa sinfonia original de vocalizações instintivas de animais com cio incontroláveis
E a tua fruta entraria deslizante acompanhando a minha língua de veludo
E a saliva estonteante envolverte-ia até suplicares que não parasse..."

(desconhecido)

segunda-feira, 23 de março de 2009

Poema Erótico - 1 ......




Cosmocópula

I

Membro a pino
dia é macho
submarino
é entre coxas
teu mergulho
vício de ostras

II

O corpo é praia a boca é a nascente
e é na vulva que a areia é mais sedenta
poro a poro vou sendo o curso da água
da tua língua demasiada e lenta
dentes e unhas rebentam como pinhas
de carnívoras plantas te é meu ventre
abro-te as coxas e deixo-te crescer
duro e cheiroso como o aloendro.


(Natália Correia)

quarta-feira, 18 de março de 2009

Massagens - 1 - (Japonesa)




Sempre que possível faça uma massagem, à japonesa, com óleos quentes, antes da sua saída para a noite.

sábado, 14 de março de 2009

ANEDOTA DE FIM DE SEMANA....1.....


*Um indivíduo está na cama com a amante quando se ouvem os passos do marido.

A mulher manda-o pegar nas roupas e sair pela janela.
Ele resmunga porque está a chover muito, mas não tendo outra solução, salta e cai no meio da rua, onde está a passar uma maratona. Ele aproveita e corre com os outros que o olham de uma forma esquisita.
Afinal, ele está nu!

Um corredor pergunta:
- Você corre sempre assim nu?

- Sim! - responde o amante - É tão bom ter uma sensação de liberdade...
Outro corredor pergunta :

-Mas você corre sempre assim nu com as roupas nas mãos?

O gajo não se dá por vencido:

- Eu gosto assim. Posso vestir-me no fim da corrida e ir para o carro para ir para casa...

Um terceiro corredor insiste:

- Mas você corre sempre assim nu com as roupas nas mãos e com um preservativo no pénis?

Aí o gajo responde:

- Só quando está a chover!!!........

(Recebida por mail amigo)M

terça-feira, 10 de março de 2009

POESIA SENSUAL - 1 -


P R E C I S O





Preciso olhar cada pedaço do seu corpo,
saborear todo seu gosto
para deixar de tanto sonhar...


Preciso que você permita que eu explore
cada segredo seu, cada ponto que
te eleva ao apogeu da sua felicidade.


Preciso que você me invada,
sem medos e com alma lavada
para desfrutar do mais delicioso prazer.


Preciso de você, sem fantasmas e
sem pudor, para viver uma inesquecível
noite só de amor...



Posted by alguemmeexplica at julho 7, 2005/Net/Joseph

segunda-feira, 9 de março de 2009